Qual a relação entre Employer Branding e o transporte de colaboradores?

Muitas empresas consideram o cliente como a peça principal para o crescimento da empresa. “Cliente satisfeito é cliente fidelizado”, o que geraria mais vendas. A afirmação não está incorreta, porém há outras peças que são imprescindíveis para o funcionamento e para o sucesso do negócio: os colaboradores. E podemos aplicar a citação anterior a eles: “Colaborador satisfeito é colaborador fidelizado”. Para você que está se perguntando qual a importância disso, já ouviu falar em Employer Branding?



O que é Employer Branding?


Employer Branding (em português, “marca do empregador”) é a reputação do ambiente de trabalho do empregador no mercado de trabalho. Isto é, a imagem que a empresa possui como um local de trabalho.

A empresa que possui uma imagem positiva no mercado de trabalho (ou seja, possui uma boa Employer Branding) retém e fideliza os colaboradores, atrai novas pessoas interessadas em fazer parte da instituição e reduz o turnover (rotatividade de funcionários).

O Employer Branding é uma estratégia que envolve as áreas de Recursos Humanos e Marketing, e vem se tornando cada vez mais importante para os negócios. De certo modo, é possível igualar algumas atitudes de clientes e de colaboradores. Por exemplo, um cliente satisfeito conta para três pessoas a experiência que teve, enquanto um cliente insatisfeito compartilha com onze pessoas a experiência ruim. O mesmo pode ocorrer com os colaboradores, e rapidamente a empresa pode adquirir uma má imagem no mercado de trabalho, além de um alto turnover (ambos geradores de consequências ruins).


A importância do Employee Experience


Empresas digitais utilizam uma métrica específica para analisar o comportamento do cliente e promover melhorias, chamada de UX, sigla para User Experience. Tão importante quanto, há o Employee Experience (EX), que é a experiência do empregado.

O clima organizacional, o acolhimento, a qualidade de vida, o salário e os benefícios são fatores que podem influenciar o Employee Experience. Esta métrica está (ou deveria estar) ligada diretamente ao Employer Branding (e vice-versa). Uma vez que o colaborador está satisfeito e possui uma boa experiência, a empresa possuirá uma boa imagem perante aos candidatos.


Afinal, qual é a relação entre Employer Branding e o transporte de colaboradores?


Como dissemos, o Employer Branding envolve a retenção do colaborador. Para isso, é essencial que a empresa leve em consideração os cuidados com os funcionários (peças importantes para o sucesso da instituição). Dentre os cuidados, podem estar a saúde, a segurança e, principalmente, a qualidade de vida.

O transporte de colaboradores (deslocamento do funcionário até o ambiente de trabalho através de um veículo contratado) pode promover o cuidado com o funcionário e aumentar a sua satisfação, visto que não utilizará mais transporte público (evitando lotação, desconforto, insegurança, entre outros) ou veículo particular (evitando estresse com o trânsito e atrasos).

Ou seja, o transporte de colaboradores (também chamado de fretamento) garante a qualidade de vida do colaborador, por conseguinte, sua satisfação. A experiência do colaborador (Employee Experience) influencia diretamente a Employer Branding. Assim como acontece com clientes, quanto maior a satisfação do colaborador, maior índice de indicação haverá (aumentando a Employer Branding).

Para saber mais quais as vantagens do fretamento empresarial, entre em contato conosco! Vá com segurança e tranquilidade. Vá de Baruel.